Dúvidas frequentes sobre o PS-PVO 2011

 

Segunda etapa

Modalidades – Transferência Externa, Reintegração e Diplomado

 

1)  Como saber se a minha formação (graduação) me habilita para efetuar minha inscrição na segunda etapa do PS-PVO 2011?

 

RESPOSTA: O item 2.1 do edital nº 33/2010 determina que a transferência externa deve ocorrer “para um curso da UNIVASF da mesma área de conhecimento ou áreas afins”. Isso quer dizer que o curso de origem deve ser da mesma área do curso ou de uma área que possua afinidade com o curso pretendido na UNIVASF. Por isso, verifique o anexo II do referido edital, no qual consta uma tabela com as áreas de conhecimento dos cursos da UNIVASF. O mesmo determina o item 2.3 sobre o diplomado, porém o curso deve ser da mesma área do grau já obtido. Se ainda assim você tem dúvidas, entre em contato com a Comissão Gestora pelo e-mail comissao.pspvo@univasf.edu.br.

 

2)  Como faço para emitir a guia de pagamento da taxa de inscrição?

 

RESPOSTA: Conforme o item 3.3 do edital, acesse o site (https://consulta.tesouro.fazenda.gov.br/gru/gru_simples.asp) e preencha o formulário de emissão da Guia de Recolhimento da União – GRU, com as seguintes informações:

 

I - Unidade Gestora (UG): 154421

II - Gestão: 26230 – Fund. Universidade Federal do Vale do São Francisco

III - Código do Recolhimento: 28.900-0 - Taxa de Inscrição em Vestibular

IV - Número de Referência: 10070014

V – Competência (mm/aaaa): 11/2010

VI - Vencimento (dd/mm/aaaa): 26/11/2010

VII - CNPJ ou CPF do contribuinte: CPF do Candidato

VIII - Nome do Contribuinte / Recolhedor: Nome do Candidato

IX - Valor Principal (R$): 20,00

X – Valor Total (R$): 20,00

 

Após preencher o formulário, imprima a GRU e pague em uma das agências do Banco do Brasil.

 

3)  Meu curso ainda não é reconhecido, mesmo assim posso me inscrever no PS-PVO 2011.

 

RESPOSTA: Sim. Mas, você deverá apresentar o Ato de Autorização de Funcionamento do Curso caso o curso tenha até dois anos de funcionamento. Se o curso já tiver mais de dois anos de funcionamento, deve ser solicitado na instituição de origem o protocolo de abertura do processo de reconhecimento junto ao MEC.

 

4)  Não prestei o ENADE, como faço para apresentar a regularidade com o ENADE?

 

RESPOSTA: De acordo com a Lei nº 10.861, de 14 de abril de 2004, o candidato deve apresentar uma declaração de regularidade com o ENADE. Se você prestou a prova ou não, ou ainda foi dispensado, a instituição de ensino na qual estuda deverá fornecer essa declaração de regularidade com o ENADE.

 

5)  Como consigo a declaração de vínculo?

 

RESPOSTA: No caso dos candidatos interessados na transferência externa, deve solicitar a instituição de origem uma comprovação que tem vínculo com a instituição, mesmo que a sua matrícula esteja trancada atualmente.

 

6)  Quero me inscrever na transferência externa. Como consigo a comprovação da carga horária cursada?

 

De acordo com o edital, o candidato deve ter cursado, no mínino, 25% e, no máximo, 60% da carga horária do curso de origem. Para isso, você solicita a sua instituição uma declaração de carga horária cursada e a que falta cursar para concluir de acordo com a matriz curricular  do curso,.